quarta-feira, 31 de março de 2010

Rotina

                                                                                 
Alma querida, às vezes, choras
Na rotina que acolhes por dever
Pelo fio das horas
Que o relógio te aponta
No que tens a fazer.

É a profissão que te reclama tempo,
É o lar, pedindo-te atenção,
Através de pequenos compromissos,
E o tempo voa
Qual dádiva do Céu que passa em vão.

Mas a rotina inclui outros problemas:
É o carinho de alguém que chega de improviso;
É o amigo que vem
Recordar quanto é preciso
Trabalhar para o bem.

É o parente que chega para confidências,
Largou-se do trabalho por minutos,
Num estreito intervalo.
Fala das provações que está sofrendo
E faz-se imprescindível confortá-lo.

E o dia passa nas tarefas
E nos encontros com que não contavas...
O Sol se foi e eis que a sombra se inclina
Por toda a casa e ouço-te o lamento:
- “Como é triste a rotina!”

Entretanto, alma irmã, ainda hoje,
Pude cumprimentar pessoas generosas
Aturdidas por amargura imensa...
Desejam trabalhar mas não conseguem,
Algemadas ao peso da doença.

Acompanhei equipes de visita
Aos irmãos que tateiam livros, vasos, flores,
Segregados em rude solidão...
Anseiam abraçar amigos que aparecem
Mas estão cegos da visão.

Diversos companheiros vi, de perto,
Mostrando no silêncio
Raciocínios agudos...
Pretendem dialogar, trocando idéias,
Entretanto, estão mudos.

Abeirei-me de muitas criaturas
Em estradas e ermos esquecidos
Aguardando o socorro que não vem...
Recordam com saudade os entes que mais amam
E não surge ninguém! ...

Reflete nos irmãos, em grandes provas,
Que vivem sem a mínima esperança,
Da esperança que adoça os dias teus...
E, louvando a rotina que te guarda,
Rende graças a Deus! ...

Psicografia de Chico Xavier, pelo espírito Maria Dolores.

1 comentários:

Marcia Gullo disse...

ola Izabel...nossa esse seu espaço é tao tranquilizante...não sei se é esse tom de azul no fundo ou as imagens ou as proprias mensagens.....ADOREI!!!!

Brigada pelos elogios, valeu o dia.
Tentei postar um comentário no seu blog mas não consegui.
Gostei muito daqui e voltarei mais vezes com certeza.
um beijo e inté.

Marcia Gullo
www.pecadosdagullo.blogspot.com
www.blogdagullo.blogspot.com

ps.: nao consegui postar nom outro blog, nem enviar email pra voce